Informações da página

Você está em: Página Inicial > Comunicação > Notícias

Início do conteúdo

Obras ampliarão espaço físico do Câmpus

No centro administrativo e biblioteca

Construções. Reformas. Ampliações. Esses são termos bastante comentados e discutidos no dia a dia do Câmpus Sertão do Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS). O crescimento da Instituição se reflete na infraestrutura e no espaço físico. Novos projetos são pensados continuamente para atender a demanda advinda com a ampliação da oferta de cursos e de vagas.

O ano letivo de 2015 deve contar com dois novos blocos de salas de aula com 18 salas cada. De acordo com a empresa executora das obras, um dos blocos deverá estar pronto já no início do semestre letivo. A área total de cada bloco é de com 1.495,80 m². Os dois estão sendo construídos ao lado do novo centro administrativo e biblioteca e já estão recebendo pisos e os acabamentos internos e externos. O projeto também prevê climatização e instalações elétricas adequadas, além de obras de acessibilidade. O custo de cada bloco é de R$ 1.541.652,10, o que totaliza um investimento de R$ 3.083.304,20.

Está em fase final, também, a obra de ampliação e reforma do espaço físico para adaptação do laboratório de Anatomia Animal na área B do Câmpus. Em 2015, alunos de diferentes cursos do Câmpus estarão usufruindo da nova estrutura do laboratório, cujos equipamentos já estão sendo instalados. Nessa obra, a preocupação foi atender à demanda dos cursos e, ao mesmo tempo, manter o padrão arquitetônico do prédio, construído no ano de 1938.

Para atender as necessidades de pesquisa e de ensino, foram investidos R$ 270 mil na construção de uma Casa de Vegetação Climatizada para a realização de experimentos na área agrícola. A obra, que é uma demanda dos professores da área de agronomia, já está finalizada e pode ser colocada em funcionamento.

Todas as obras em andamento atentam para a melhoria da acessibilidade de pessoas com necessidades específicas. O lazer dos estudantes também está tendo atenção. O campo de futebol sete está sendo todo remodelado. Após os serviços de nivelamento e drenagem, será feita a recuperação do gramado, bem como cercamento e iluminação.

Sendo um órgão público federal, todas as obras do Câmpus devem passar por processos licitatórios e obedecer a prazos e a determinações legais específicas. Nem sempre esse é um processo rápido. E quando ocorre um problema em alguma das etapas, o atraso na finalização e entrega das obras é inevitável. Foi o que aconteceu com a unidade urbana do Câmpus e com o novo centro administrativo e biblioteca. A empresa vencedora da licitação abandou as obras sem concluí-las. O processo todo teve de ser refeito. De acordo com o Diretor-Geral, professor Lenir Antonio Hannecker, os dois processos estão em andamento.

Quanto ao novo centro administrativo e biblioteca, no próximo dia 25 de novembro haverá a abertura das propostas da nova concorrência pública para conclusão da obra, a qual é bastante aguardada pela comunidade escolar, pois irá proporcionar espaço adequado para a biblioteca, bem como para a área administrativa. Se os trâmites ocorrerem normalmente, respeitando os prazos, é possível que a obra reinicie ainda este ano, mas isso vai depender da empresa vencedora do novo processo. A estimativa é de um investimento de R$ 441.580,000.

O novo processo licitatório para conclusão da unidade urbana incluirá, também, o pórtico, cercamento e a pavimentação da área, além da conclusão do bloco de salas de aula. O processo está em fase de parecer jurídico e a abertura de uma nova concorrência pública poderá acontecer ainda no final deste ano.

Novos projetos em elaboração

Vários projetos estão sendo pensados para o próximo ano letivo. De acordo com o Diretor-Geral, se o orçamento do Câmpus não for suficiente para executar todos os projetos, serão buscados recursos extraorçamentários para garantir o seu desenvolvimento.

Uma empresa licitada para a elaboração de projetos de engenharia já está trabalhando nos projetos da reforma e ampliação do refeitório/Restaurante Universitário (RU), da construção de um Centro de Cultura para realização de atividades artísticas e culturais, ampliação da garagem de máquinas e de um novo espaço para sala de aula e laboratório no setor de Mecanização Agrícola, além da elaboração do plano de prevenção contra incêndio (PPCI) do Câmpus.

Já o Centro de Convivência será construído a partir de um projeto modelo já existente para os câmpus do IFRS, o qual está em fase de adaptação e adequação à área onde será executado. O Centro de Convivência será um espaço dedicado aos alunos. Nele poderão ser instalados espaços para alimentação, permanência, xerox, salas de TV e de reuniões e salas para os diretórios acadêmicos, para o diretório central dos estudantes e grêmio estudantil.

Encontra-se ainda em fase de levantamentos e estudos técnicos, a elaboração de novo projeto para coleta e tratamento dos efluentes do Câmpus, o qual poderá ser licitado no próximo ano, obra esta que irá resolver antigos problemas relacionados ao tratamento dos efluentes.

 

Galeria

Novos blocos de salas de aula Casa de vegetação climatizada

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Sertão

Rodovia RS 135, Km 25 | Distrito Eng. Luiz Englert | CEP: 99170-000 | Sertão/RS

E-mail: comunicacao@sertao.ifrs.edu.br | Telefone: (54) 3345-8000 | Fax: (54) 3345-8006/8022/8003