Informações da página

Você está em: Página Inicial > Comunicação > Notícias

Início do conteúdo

Ex-Alunos e Ex-Servidores do Câmpus Sertão se reúnem no XII Encontro

O almoço foi no salão da comunidade de Santo Antônio de Sertão

Cerca de 600 pessoas participaram do XII Encontro de Ex-alunos e Ex-servidores do Câmpus Sertão no último sábado, dia 16 de maio. A 12ª edição do tradicional evento reuniu ex-servidores e ex-alunos desde a época em que a instituição denominava-se Escola Agrícola, posteriormente Ginásio Agrícola, passando pela fase de Escola Agrotécnica, até chegar a Câmpus do IFRS. O evento também reuniu ex-alunos de cursos superiores que já formaram turmas.

A finalidade do evento, que ocorre a cada dois anos, é a integração e interação das experiências profissionais dos ex-alunos nas diferentes áreas de desenvolvimento da profissão e, ainda, resgatar o espírito de valorização ao passado que todos tiveram dentro da Instituição, além de reunir as histórias e trajetórias dos ex-servidores que passaram pelo Câmpus.

O ex-aluno e atual conselheiro presidente do Tribunal de Contas do RS, César Miola, também esteve presente no encontro. "Quando ingressei na instituição, em 1979, ela ainda era Colégio Agrícola de Sertão. Mas em 1981, quando me formei no curso Técnico Agrícola, ela já havia sido denominada como Escola Agrotécnica Federal de Sertão", conta.

Miola destaca que tem um carinho especial pela instituição. "Estudei aqui no período da adolescência e tive uma vivência muito intensa. Não havia comunicação. Nem a instituição, nem a então comunidade de São João da Urtiga, de onde vim, tinham telefone. Os colegas, professores e servidores viravam nossa família. Participei ativamente da cooperativa-escola, fui presidente do Grêmio Estudantil e naquela época editávamos até um jornal informativo da entidade. Também presidi a comissão de formatura no 3º ano e fui orador da minha turma. Foi um período intenso, criávamos laços afetivos e na instituição se cultivava o respeito e a disciplina, legados que carrego comigo desde aquela época e que foram fundamentais na minha formação. O Câmpus Sertão é um exemplo de que se pode fazer uma escola pública de qualidade", comenta.

De 1975 a 1992 o ex-professor Arduino Zancan exerceu a docência na instituição. A saudade e os laços afetivos o fizeram retornar ao Câmpus para o encontro no último sábado. Zancan se surpreendeu com as mudanças na estrutura física do Câmpus e com o seu desenvolvimento. "Na minha época era muito diferente. Tínhamos um número reduzido de servidores e precisávamos ser multiprofissionais. Eu mesmo exerci os cargos de chefe dos professores, de orientador educacional e de chefe dos estágios", conta. Segundo Zancan, foi durante a sua atuação no setor de estágios que foi desenvolvida uma modalidade de estágio adotada pelas outras escolas técnicas do país. Nesta modalidade, o aluno fazia metade do estágio na fazenda-escola da instituição e a outra metade nas empresas. "Por este motivo fui convidado para atuar no Ministério da Educação como assessor na divisão das escolas técnicas. Mas o êxito da instituição sempre foi mérito da equipe toda de servidores. Éramos direção, técnicos e professores unidos, comprometidos, que trabalhavam em prol da instituição e nos quais podíamos confiar", destaca. Sobre o encontro, se diz emocionado em rever ex-alunos e ex-colegas da instituição. "É muito gratificante reencontrar essas pessoas que passaram por aqui e demonstram gratidão por aquilo que receberam da escola", salienta.

A programação do evento teve início às 8 horas com um café colonial no refeitório. Os participantes puderam visitar os setores e prédios do Câmpus. Às 10h30min, no ginásio de esportes, houve a apresentação do Câmpus e do IFRS com a exibição de vídeos institucionais e as boas vindas do diretor-geral Lenir Antonio Hannecker e do coordenador do departamento de Extensão e presidente da comissão organizadora do evento, Marcos Antonio de Oliveira. No prédio central e no ginásio de esportes, durante toda a manhã, houve uma Mostra de Banners do Ensino, Pesquisa e Extensão. O CTG Tropeiros da Cultura se apresentou às 11 horas. Em seguida, os participantes foram encaminhados para o salão da comunidade de Santo Antônio onde foi servido o almoço e às 15 horas aconteceu o show humorístico com o Willmutt. Após o show, a programação foi tertúlia livre.

O coordenador do departamento de Extensão e presidente da comissão organizadora do evento, Marcos Antonio de Oliveira, agradece a presença de todos e a colaboração da comissão organizadora na realização do evento. Ainda, antecipa o convite para o XIII Encontro que acontecerá no terceiro sábado do mês de maio de 2017.

 

O Willmutt

Cleiton Geovani Kurtz, 39 anos, é o artista que dá vida ao personagem Willmutt. Oriundo de uma família humilde da cidade de Marechal Cândido Rondon-PR, o artista foi servente de pedreiro, carteiro, atendente de farmácia e vendedor de loja antes de incorporar o Willmutt.

O personagem surgiu de uma brincadeira entre amigos. Nesta brincadeira aconteceu o primeiro trote, aplicado despretensiosamente numa operadora de telefonia celular, em 2003. Um amigo, insatisfeito com sua operadora, sugeriu a realização do trote. Por mais de dois anos aquele trote ficou guardado até que, em 2005, os seus amigos fizeram com que ele ganhasse o mundo através da internet, primeiro através de e-mails, do MSN e Orkut e depois, através de site próprio. A partir de 17 de dezembro de 2005 passou a ser feita a contagem dos acessos ao site e, desde então, houve mais de 3 milhões de visitas.

Com o tempo, sempre interpretando o alemão Willmutt, novos trotes foram aplicados, sendo que hoje já são mais de 200. Todos eles obedecem a uma característica própria, ou seja, sem ofensas a quem está do outro lado da linha e sem denegrir a imagem da empresa ou pessoa, vítima da pegadinha.

O sucesso do personagem fez com que Cleiton Kurtz apostasse numa carreira de humor, passando a interpretar o Willmutt também em shows artísticos. Desde então, aproximadamente 300 mil pessoas já assistiram ao seu show, apelidado de "Showssasso to Willmutt".

 

Recado do Willmutt aos ex-alunos e ex-servidores

"Para nós é uma emoção emocionante estar fazendo parte desse encontro porque em 1955 o 'vovo' ajudou na construção da escola, emprestou junta de boi bara puxar os tijolos e a madeira. E se tudo der certo, o 'nene' vai estudar no Câmpus Sertão e virar um 'agrônimo' ".

 

 

 

Galeria

Os participantes do encontro foram recepcionados com um café da manhã no refeitório do Câmpus O café da manhã no refeitório do Câmpus foi um momento de reencontro e bate-papo Público chegou cedo para o Encontro O evento reuniu ex-alunos e ex-servidores de diferentes períodos Ex-aluno César Miola, atualmente Conselheiro presidente do Tribunal de Contas do RS, junto ao ex-professor Arduíno Zancan Ex-professora Zilá Maria Miotto, professor Fábio Franzon, ex-aluna e coordenadora de Administração Orçamentária e Financeira Lia Mar Vargas Tamanho, ex-aluno e diretor de Desenvolvimento Institucional Carlos Alberto Imlau e ex-professora Fátima Cecconello Ex-professoras Zilá Maria Miotto e Fátima Cecconello junto a ex-alunos Os participantes foram reunidos no ginásio do Câmpus para acompanharem a evolução da instituição por meio de vídeos institucionais do Câmpus, do IFRS e do projeto do Centro de Equoterapia Coordenador do departamento de Extensão do Câmpus e presidente da comissão organizadora do evento, Marcos Antonio de Oliveira, dando as boas vindas aos participantes Diretor-geral do Câmpus, Lenir Antonio Hannecker, deu as boas vindas aos participantes e comentou sobre o crescimento e desenvolvimento do Câmpus Apresentação do CTG Tropeiros da Cultura Apresentação do CTG Tropeiros da Cultura Apresentação do CTG Tropeiros da Cultura O almoço foi no salão da comunidade de Santo Antônio de Sertão Pró-reitora de Extensão do IFRS e professora do Câmpus Sertão, Viviane Silva Ramos, com ex-alunos da turma de 1998 Pró-Reitora de Extensão do IFRS, Viviane Silva Ramos, junto ao coordenador do departamento de Extensão do Câmpus Sertão e presidente da Comissão Organizadora do evento, Marcos Antonio de Oliveira Comissão Organizadora junto ao artista que dá vida ao personagem Willmutt Cleiton Geovani Kurtz, artista que interpreta o Willmutt Leitura do "currículo" do personagem Willmutt Willmutt e seu assistente, Peludo Durante o show, Willmutt brincou e interagiu com a comissão organizadora e com ex-alunos da instituição Durante o show, Willmutt brincou e interagiu com a comissão organizadora e com ex-alunos da instituição Durante o show, Willmutt brincou e interagiu com a comissão organizadora e com ex-alunos da instituição Durante o show, Willmutt brincou e interagiu com a comissão organizadora e com ex-alunos da instituição

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Sertão

Rodovia RS 135, Km 25 | Distrito Eng. Luiz Englert | CEP: 99170-000 | Sertão/RS

E-mail: comunicacao@sertao.ifrs.edu.br | Telefone: (54) 3345-8000 | Fax: (54) 3345-8006/8022/8003