Informações da página

Você está em: Página Inicial > Comunicação > Notícias

Início do conteúdo

IFRS realiza cerimônia de posse de diretores-gerais de campi

O reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS), Osvaldo Casares Pinto, dará posse às 14h desta quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016, a nove diretores-gerais de campi eleitos no pleito realizado em outubro de 2015. A solenidade ocorrerá no Salão de Atos do Campus Bento Gonçalves, Avenida Osvaldo Aranha, 540, Bento Gonçalves.

Na ocasião, também serão nomeados os pró-reitores da nova gestão do IFRS. Osvaldo tomou posse como reitor no dia 18 de fevereiro de 2016, em Brasília. Ele substitui a reitora Cláudia Schiedeck Soares de Souza, que esteve à frente da instituição por dois mandatos, desde a sua criação, em dezembro de 2008.

 

Tomarão posse como diretores-gerais de campi do IFRS:

Campus Bento Gonçalves - Soeni Bellé, substituindo Luciano Manfroi

Campus Canoas - Mariano Nicolao (2ª gestão)

Campus Caxias do Sul - Juliano Cantarelli Toniolo, substituindo Tatiana Weber

Campus Erechim - Eduardo Angonesi Predebon (2ª gestão)

Campus Osório - Claudino Andrighetto, substituindo Roberto Saouaya

Campus Porto Alegre - Marcelo Augusto Rauh Schmitt, substituindo Paulo Roberto Sangoi

Campus Restinga (Porto Alegre) - Gleison Samuel do Nascimento (2ª gestão)

Campus Rio Grande - Alexandre Jesus da Silva Machado, substituindo Luiz Angelo Sobreiro Bulla

Campus Sertão - Odair José Spenthof, substituindo Lenir Antônio Hannecker

 

Serão nomeados como pró-reitores do IFRS:

Pró-reitora de Administração - Tatiana Weber

Pró-reitora de Ensino - Clarice Monteiro Escott

Pró-reitor de Desenvolvimento Institucional - José Eli Santos dos Santos

Pró-reitor de Pequisa, Pós-Graduação e Inovação - Eduardo Girotto

Pró-reitora de Extensão - Viviane Silva Ramos

 

Sobre o novo reitor

Osvaldo Casares Pinto tem 54 anos e é natural de Rio Grande. Atua no magistério há mais de 33 anos, sempre na Rede Federal e pela mesma instituição: o Colégio Técnico Professor Mário Alquati, hoje Campus Rio Grande do IFRS.

É graduado em matemática e engenharia civil pela Universidade Federal do Rio Grande (Furg). Possui especialização na área de engenharia civil pela Furg, mestrado e doutorado na mesma área pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

Foi diretor-geral do Campus Rio Grande por dois mandatos e pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFRS por três anos.

 

Sobre os novos diretores

Soeni Bellé, diretora-geral do Campus Bento Gonçalves do IFRS - graduada em Engenharia Agronômica pela Universidade Federal de Pelotas (1986) com mestrado (1990) e doutorado em Fitotecnia pela UFRGS (1998). Ingressou na carreira docente na Universidade Estadual de Londrina, onde foi coordenadora de extensão do Centro de Ciências Agrárias. Também atuou na Universidade de Caxias do Sul (UCS) e desde o ano de 2000 atua na educação profissional, quando ingressou como professora substituta na Escola Agrotécnica Federal Juscelino Kubitshek. Foi diretora de Desenvolvimento Educacional do Cefet-BG e diretora de Ensino Médio e Técnico e de Extensão do Campus Bento Gonçalves, além de conselheira no Conselho Superior (Consup) do IFRS, entre outras importantes funções.

 

Mariano Nicolao, diretor-geral do Campus Canoas do IFRS - atua como docente há mais de 20 anos, tendo trabalhado na Universidade Luterana do Brasil e no Instituto Federal do Rio Grande do Sul - Campus Canoas. Além disso, atuou na iniciativa privada durante cinco anos na área de Banco de Dados. É graduado em Informática pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC - 1993); possui mestrado e doutorado em Ciências da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS - 1998 e 2004) e pós-doutorado em Informática na Educação, também pela UFRGS (2009). Foi diretor-geral do Campus Canoas de 2011 a 2015 e coordenador do Núcleo de Inovação Tecnológica desse mesmo campus, de setembro de 2010 a agosto de 2011.

 

Juliano Cantarelli Toniolo, diretor-geral do Campus Caxias do Sul do IFRS - possui graduação em Engenharia de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), mestrado e doutorado em Ciência e Tecnologia dos Materiais pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais da Escola de Engenharia da UFRGS. No IFRS desde 2010, Juliano atuou como coordenador de Pesquisa do Campus Caxias do Sul, de outubro do mesmo ano até março de 2013, colaborando na criação das primeiras Instruções e Resoluções Normativas da Política das atividades de pesquisa e inovação no IFRS.

 

Eduardo Angonesi Predebon , diretor-geral do Campus Erechim do IFRS - administrador e advogado, com mestrado e doutorado em Administração, ingressou no IFRS em 2009 e desde 2013 é diretor-geral pro tempore do Campus Erechim do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS).

 

Claudino Andrighetto, diretor-geral do Campus Osório do IFRS - formado em Informática - Sistemas de Informação pela Unijuí, com pós-graduação em Tecnologias Educacionais, ingressou na Rede Federal em 2008, no cargo de Analista de TI, na então Unidade de Ensino Descentralizada (Uned) de Santo Augusto, do Cefet Bento Gonçalves. Após a criação dos Institutos Federais, escolheu o Campus Osório como destino, passando a fazer parte, em 2010, junto com sua esposa (também servidora), da equipe do IFRS. Esteve à frente da coordenação de TI do campus por três anos. Participou do Conselho de Campus desde sua constituição, bem como da Comissão de TI do IFRS. É o primeiro técnico-administrativo eleito como diretor-geral de um campus do IFRS.

 

Marcelo Augusto Rauh Schmitt, diretor-geral do Campus Porto Alegre do IFRS - ingressou como professor na Universidade Federal do Rio Grande do Sul em 1996. Foi diretor da antiga Escola Técnica daquela instituição de 2004 a 2008. É graduado em Ciência da Computação, com mestrado na mesma área e doutorado em Informática na Educação. É representante docente no Conselho do Campus Porto Alegre e coordena o curso a distância de redes de computadores e o mestrado profissional em Informática na Educação do IFRS.

 

Gleison Samuel do Nascimento, diretor-geral do Campus Restinga do IFRS - formado em Ciência da Computação pela Universidade Regional Integrada do Alto Uruguai e das Missões (URI), tem mestrado e doutorado em Computação pela UFRGS. Ingressou no serviço público em 2009, no Campus Bento Gonçalves do IFRS, e chegou ao Campus Restinga em agosto de 2010, atuando como professor dos cursos Técnico em Informática para Internet Integrado ao Ensino Médio e Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Foi coordenador do Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Especiais (Napne) e do Curso Superior de Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas.

 

Alexandre Jesus da Silva Machado, diretor-geral do Campus Rio Grande do IFRS - é técnico em Eletrônica pela ETFPEL (1985), graduado em Formação de Professores de Disciplinas Especializadas para a Educação Profissional pela Universidade Federal Tecnológica do Paraná (1991) e Matemática (FURG- 1994). Possui especialização em Educação (UCPel - 1992) e doutorado em Informática na Educação (FRGS- 2005). Professor de Eletrônica há 29 anos, no Curso de Eletrotécnica do CTI/FURG. Leciona no Programa de Formação Pedagógica de Docentes para a Educação Profissional. Foi professor do Curso de Tecnologia em Refrigeração e Climatização; e professor, orientador e coordenador da especialização em Mídias na Educação, de 2008 a 2012 (UAB/FURG). É coordenador (desde 2005) do Núcleo de Educação a Distância (NEAD) e, desde 2014, atua como coordenador adjunto da Rede e-Tec Brasil do IFRS. De 1993 a 1996, atuou como Coordenador do Curso de Eletrotécnica e, no período de 1997 a 2000, assumiu a direção geral do Colégio Técnico Industrial CTI/FURG.

 

Odair José Spenthof, diretor-geral do Campus Sertão do IFRS - é ex-aluno da Escola Agrotécnica Federal de Sertão e formou-se no curso Técnico em Agropecuária em 1991. No ano de 1999 concluiu graduação em História Licenciatura Plena pela Universidade de Passo Fundo (UPF). É especialista em "Aperfeiçoamento Em História" Lato Sensu pela UPF, mestre em História também pela UPF e doutor em Educação pela Unisinos (2013). Foi professor do Magistério Estadual do Rio Grande do Sul de 2002 a 2004, Secretário Municipal de Educação de Nicolau Vergueiro/RS (2005-2006) e desde 2006 é professor da Educação Básica, Técnica e Tecnológica no Campus Sertão do IFRS. No campus, foi coordenador-geral de Ensino (2008-2010), representante titular do segmento dos docentes no Conselho Superior (Consup) do IFRS (2010 - 2011) e representante titular do segmento dos docentes no Conselho de Campus (2014 - 2015).

 

Sobre os novos pró-reitores

Clarice Monteiro Escott, pró-reitora de Ensino do IFRS - possui graduação em Pedagogia pela PUCRS. É doutora em Educação pela Ufrgs. É professora da educação básica, técnica e tecnológica do Campus Porto Alegre do IFRS desde 2010. Na gestão acadêmica do IFRS atuou como diretora de Pesquisa e Inovação do Campus Porto Alegre e como pró-reitora adjunta de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação na gestão do professor Júlio Xandro Heck. Também atuou na gestão de instituições públicas e privadas de nível básico e superior.

 

José Eli, pró-reitor de Desenvolvimento Institucional do IFRS - atua como professor da rede federal desde 1989. Possui curso técnico em Eletrotécnica (1986) no CTI/Furg (atual campus Rio Grande), graduação em Engenharia Mecânica pela Furg (1995) e mestrado e doutorado em Engenharia Elétrica pela UFSC (1998, 2007). Atuou ainda como coordenador dos cursos de Eletrotécnica e Automação Industrial e diretor de Desenvolvimento Institucional do Campus Rio Grande e como diretor de Planejamento Estratégico do IFRS.

 

Eduardo Girotto, pró-reitor de Pesquisa, Pós-Graduação e Inovação do IFRS - é graduado em Agronomia e no Programa Especial de Formação de Professores para Educação Profissional pela UFSM. Possui mestrado, doutorado e pós-doutorado na área de Ciência do Solo pela UFSM. É professor da educação básica, técnica e tecnológica do Campus Ibirubá do IFRS desde o ano de 2011. Foi coordenador dos cursos Técnico em Agropecuária e do curso superior de Agronomia e coordenador adjunto do Pronatec no IFRS - Campus Ibirubá.

 

Viviane Silva Ramos, pró-reitora de Extensão do IFRS - possui licenciatura em Ciências e Matemática pela Fundação Educacional de Alegrete. É especialista em Ensino de Matemática pela mesma instituição e em Gestão Pública pelo Instituto Federal do Paraná. É mestre em Ciências pela Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Diversidade Cultural e Inclusão Social da Feevale. É professora da educação básica, técnica e tecnológica do IFRS - Campus Sertão desde 1997. Na gestão educacional, atuou nas coordenações de Supervisão Pedagógica e de Ensino da Escola Agrotécnica Federal de Sertão, foi diretora-geral do Campus Sertão e é pró-reitora de Extensão do IFRS.

 

Tatiana Weber, pró-reitora de Administração do IFRS - possui graduação em Tecnologia em Polímeros, mestrado em Ciência e Engenharia dos Materiais e é doutoranda na mesma área, todos pela Universidade de Caxias do Sul. É docente na Educação Profissional e Tecnológica desde 2001, tendo ingressado no IFRS - Campus Caxias do Sul em julho de 2010. Na gestão acadêmica do IFRS atuou como diretora de Ensino e, de julho de 2011 a outubro de 2015, como diretora-geral do Campus Caxias do Sul.

Veja mais

Final do Conteúdo Ir para as informações da Página

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul - Câmpus Sertão

Rodovia RS 135, Km 25 | Distrito Eng. Luiz Englert | CEP: 99170-000 | Sertão/RS

E-mail: comunicacao@sertao.ifrs.edu.br | Telefone: (54) 3345-8000 | Fax: (54) 3345-8006/8022/8003